Pulsar Poético


29/03/2013


Sexta-feira, santa?

cruza o céu em asas de açoum sonho de papel.Noel criou barbas por greve da Gillette Azul:aço inexorável. Depois, casado com Pascoalina teria mesmo que virar peru de natal. Foi aí que permitiu-se à cruz e virou Jesus.Na Sexta-feira Santa, Pascoalina jejuou.Inspirada na paixão, no sábado de aleluia queimou todas as fotos de Noel, a roupa vermelha do  sangue derramado e a barba branca da paz. No Domingo de Páscoa Pascoalina enfartou.Dizem as doces línguas: “De tanto comer chocolates ...Explodiu!”Ah, segunda-feira... Etodos voltarão ao normal.Sem mais comentar o ocorrido assunto, na comunidadeaEscola de Sambase prepara já para outro carnaval.E ponto final.                          -  Graça Carpes 

Escrito por Graça Carpes às 15h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Histórico