Pulsar Poético


24/07/2011


Para Amy Winehouse

 

 

 

moça bonita que nunca teve


ninguém

 

o sonoro esverdeado


de


teus olhos partiu tão

 



(


a porta à qual abriu não


tinha chão


ela


nem viu talvez



percebeu quando


abraçou-lhe a


imensidão


agora do lado de



o


mundo escancara moral


mas quem rompeu


a


barreira do certo e


do


errado e estendeu- lhe a


mão


?


)



ouço o som de tua voz e


reafirmo ser


assim


tal a solidão


mais


blues


que


rock in roll no


fio que nos liga quando dizes


I just, ooh, I just need a friend”

 


vai menina tem um ponto de luz


eu sei


aí para onde flutuas que te há de proteger


canta e vai


canta que


aqui o


circo do mundo

continua e


através dessa lona furada vejo eu


na


lua


um brilho de luz que te há


de


alcançar


♫♪ moça bonita... e de linda voz...

bye

.

.

.

 

                  - Graça Carpes -

 

Escrito por Graça Carpes às 18h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Histórico